Arquivo do Mês: setembro 2016

Pendente de PVC faça você mesmo

google imagens

google imagens

Pra você que gosta de artesanto, vale muito à pena decorar um cantinho da sua casa, seja uma área gourmet, varanda sei lá use a sua criatividade que tenho certeza que ficará super charmoso.

Materiais necessários:

  • cano de PVC de 4 polegadas de diâmetro por 30 cm de comprimento. Pode ser comprado em casa de material para construção. Porém o casal alerta: “É facilmente achado sobras e pedaços novos em caçambas em frente de prédios em construção.”
  • 1 metro de fio paralelo com capa branca (redondo).
  • soquete de louça.
  • pedaço de madeira da largura interna do cano.
  • canopla de iluminação (encontrada em casa de material elétrico ou iluminação).
  • três parafusos pequenos para madeira.
  • pedaço de tecido de 34 cm x 35 cm (não muito grosso).
  • cola branca, tesoura, pincel, estilete e chave de fenda.
google imagens

google imagens

Com ajuda de uma faca ou estilete, ‘abra’ o fio paralelo por 5 cm (ou o suficiente para passar o toquinho ao meio) e descasque as pontas. Prenda as pontas descascadas no soquete, passe o toquinho pelo meio e parafuse o soquete na madeira. Se quiser, prenda o fio na madeira com um grampo de tapeceiro.

Parafuse o pedaço de madeira no cano de PVC a aproximadamente 3cm da borda do cano.

google imagens

google imagens

Passe a cola branca com o pincel por toda a superfície do cano. Cole o tecido encapando e esticando bem, deixando 2cm de sobra para cada lado. Faça movimentos para fora com as mãos para o tecido não enrugar. Lembre-se de passar cola na sobra de tecido e espere secar bem para o tecido endurecer. Depois de seco, refile o excesso com um estilete.

Dica importante: use lâmpada tipo eletrônica, que além de economizar, não esquenta o cano de PVC, que com calor excessivo pode deformar.

google imagens

google imagens

Compartilhe este post com seus amigos:
Compartilhar esta página via Facebook Compartilhar esta página via Twitter
Leia Mais

Vamos falar sobre o Diu?

diu

Olá meninas hoje venho falar do Diu. O método, o mais eficaz contraceptivo reversível do mercado. Apesar de ser bem famoso poucas mulheres usam este método ainda.

Nestes últimos anos houve  um aumento do interesse das mulheres sobre DIUs. Parte da explicação tem a ver com boca-a-boca — mulheres que o recomendam para as amigas (ou escrevem sobre o dispositivo na internet) —, mas também tem a ver com uma mudança demográfica entre os médicos: na geração passada, a maioria dos ginecologistas eram homens, mas agora,  são mulheres. E 40% das ginecologistas que usam contraceptivos preferem o DIU, comparado com apenas 6% das mulheres em geral.

Eu acho bem melhor consulta com uma pessoa que vive as mesmas experiências que eu fico mais à vontade para falar e sei que como mulher entenderá bem o que digo. E foi assim com a minha médica quando falei da possibilidade  de usar o Diu ouvi minha  médica falar da sua própria experiência.

E isto então me animou muito.

A minha ginecologista disse “ que  apesar de a pílula ser mais comum e mais familiar, os DIUs “funcionam melhor e são preferidos pelas mulheres”.

Os ginecologistas e autoridades de saúde de ambos os sexos e idades também são fãs do DIU — gravidez não-planejada ainda é motivo de grande preocupação em nosso país. E os DIUs têm eficácia 20 vezes maior que a pílula ou adesivos na prevenção da gravidez, segundo estudos.

Estou muito animada para usar o Diu mas vou falar um pouco mais sobre ele.  O Diu básico é pequeno dispositivo em forma de “T” inserido no útero.  Aqui existe três tipos disponíveis: o Mirena e o Skyla usam hormônios que podem impedir a ovulação; engrossam o muco cervical, criando uma barreira; e criam uma parede fina que impede a implantação de óvulos fertilizados. O Paragard usa cobre, que é tóxico para o esperma e deixa as paredes uterinas “lisas”, ou seja, é difícil que um óvulo grude nelas.

Este pró é provavelmente o fator mais importante.Colocar e esquecer  é a grande vantagem do DIU. A pílula não tem um problema em si; ela falha simplesmente porque depende do fator humano. É preciso lembrar de comprar e tomar as doses diárias. E ela também pode sofrer de interações com outros medicamentos. Os DIUs simplesmente estão lá — não exigem manutenção nem atenção e garantem anos de proteção contra gravidez indesejada. Além disso, são reversíveis, ou seja, se você quiser ter um filho, basta retirar o dispositivo. Outo fator é o tempo no podemos estar protegidas,  o Skyla para um uso de três anos, o Mirena para cinco e o Paragard para até 10 anos.

Foi feito estudos sobre métodos anticoncepcionais  permitindo que mulheres usassem, sem custo, o método anticoncepcional de sua escolha. Depois de um ano, eles observaram como andava o uso dos contraceptivos entre as mulheres que não queriam engravidar mas continuavam sexualmente ativas. Como o custo não fazia parte da equação, os pesquisadores determinaram que a continuidade dependia apenas de preferência pessoal e conveniência.

Entre as usuárias de DIU, o uso continuado por um ano foi de 88%; entre as que escolheram a pílula, perto de 50%.

Contra: Exigem um procedimento clínico (que pode ser doloroso)

Ginecologistas e algumas enfermeiras podem inserir o DIU. O procedimento exige dilatação da cérvix, que é a abertura do útero. Muitas mulheres sentem dor, e algumas sentem tontura ou até desmaiam depois da colocação.

Muitas mulheres usam DIU porque tiveram más experiências com os efeitos colaterais dos hormônios contraceptivos, particularmente o estrógeno, que pode ter efeitos sobre o humor e a libido e levar ao aparecimento de acne e coágulos sanguíneos. O DIU de cobre é completamente livre de hormônios. Mas o Mirena e o Skyla também são diferentes de outras formas de contracepção baseadas em hormônios, pois não contêm estrogênio e liberam a progesterona localmente, com baixíssimas quantidades do hormônio são liberadas no sistema circulatório.

A razão pela qual as mulheres retiram o DIU antes do previsto tem a ver com mudanças na menstruação. Muitas mulheres que usam Paragard têm fluxos mais intensos, especialmente nos primeiros meses. Algumas relatam cólicas mais fortes.

O Mirena, por outro lado, pode causar fluxos muito pequenos, e às vezes até mesmo nenhum fluxo; 20% das mulheres que usam esse tipo de DIU não menstruam e, para muitas delas, essa é uma vantagem.  Que alegria não menstruar todo mês.

Outra razão pela qual as mulheres param de tomar a pílula ou tomam de forma irregular é o custo: pode ser difícil comprar o anticoncepcional todo mês. Um DIU exige um certo investimento logo de cara, mas, ao longo de um ano, o custo é comparável ao da pílula, dos adesivos e dos anéis. Ninguém merece todo mês compra e não se esquecer todos os dias de tomar a pílula. Como o DIU pode durar até dez anos, é uma economia considerável. Estou mesmo disposta a colocar o Diu assim que estiver com ele vou observar para trazer minhas considerações aqui pra vcs. Bjuss e até o próximo post.

Compartilhe este post com seus amigos:
Compartilhar esta página via Facebook Compartilhar esta página via Twitter
Leia Mais

O MELHOR LUGAR

Você está em casa? Lugar bom e gostoso de estar, não é verdade?

 

Saiba, porém, que nem todo lugar é bom assim. Não é bom na Síria ou Afeganistão. No Haiti, onde um terremoto pôs tudo abaixo e levou a pobreza absoluta ao povo. Não é bom estar entre o fogo cruzado de quadrilha e gangues.

 

Todavia, bom é estar na casa do SENHOR, no santuário do DEUS Altíssimo. Por quê? Porque ali o DEUS vivo se revela. Fala palavra viva e eficaz. Ensina o ensino maior: para esta vida e a eternidade. Porque é a casa do amigo maior: JESUS! Nela DEUS chama seus filhos e suas filhas pelo nome. Congrega-os. Ilumina e santifica. Fortalece e consola os seus. Nela, DEUS abre os olhos aos cegos  para que vejam além dos olhos. Batiza suas filhas e seu filhos, levando-os para a eternidade. Alimenta-os com o alimento maior: a Sua Santa Ceia. Nela o DEUS Eterno abençoa, prepara e envia a sua família.

 

Sim, é bom estarmos na casa do SENHOR! Ali encontramos um ombro amigo e pomos o nosso à disposição de quem quiser e precisar. Ali alguém nos enxuga as lágrimas e vice-versa. Ali alguém nos socorre em tentação ou perseguições e vice-versa. Ali é o melhor lugar para pedir, agradecer e adorar.

 

Pedro, Tiago, João, Moisés e Elias estão hoje com JESUS a dizer nos céus: “Mestre, como é bom estarmos aqui”. Você quer, um dia, repetir com Pedro a mesma afirmação? Creia em CRISTO, e essa alegria lhe será concedida.

 

UMA RICA SEMANA ABENÇOADA PARA VOCÊ!!!…
Ricleide Janousek.

Compartilhe este post com seus amigos:
Compartilhar esta página via Facebook Compartilhar esta página via Twitter
Leia Mais