Marcado com: LED

Iluminando Ambientes

Oi Meninas tudo bem?

Já falamos um pouco sobre os tipos de lâmpadas, hoje venho com dicas de quando utilizar cada uma.

Com alguns pequenos truques podemos tornar os ambientes em nossas residências mais agradáveis e até economizar um pouco em energia.

A tendência atual é criar climas distintos para determinadas ocasiões, utilizando diferentes tipos de iluminação, tais como: plafons, abajures, arandelas ou pendentes que ampliam as opções de luz num mesmo ambiente.

Para iluminar um ambiente corretamente é necessário fazer uma análise prévia fazendo as seguintes perguntas:

- Qual a função do ambiente?

- Qual o estilo dos donos da casa?

- Quais atividades serão realizadas?

- Existe algum objeto a ser destacado?

- Qual o clima deseja-se formar no ambiente?

Depois de todas as respostas em mãos é necessário decidir qual o tipo de iluminação, quais luminárias e lâmpadas serão utilizadas.

Tipos de Iluminação:

Iluminação Geral: É a iluminação que define o espaço.

plafon

Plafon: Iluminação Geral

Iluminação Indireta: É utilizada para clarear decorando o ambiente.

corredor

Fonte: Google Images – Iluminação decorando

Iluminação de Destaque: É utilizada uma luz extra para dar foco a objetos de decoração.

iluminação2ambientes

 Fonte: Google Images – Iluminação de Destaque

Iluminação de Tarefas: É utilizada para iluminar áreas do ambiente em que realizamos alguma tarefa específica.

coifa

 Iluminação de Tarefas

Escala de Cores

Quando falamos de lâmpadas quentes ou frias não estamos falando propriamente do calor que a lâmpada produz, mas sim da sensação de aconchego e conforto que sentimos ao utilizá-la.

O que determina a cor da lâmpada é cor da luz que ela emite, e a cor branca pode variar de tonalidade dependendo da temperatura que a lâmpada alcança em escala Kelvin.

Esta temperatura pode variar de 2500K até 6500K.

Em maiores temperaturas luz fica azulada, em menores amarelada.

Veja as escalas:

tempdecor

Imagem: Google Images

exemplo de coresImagens: Google Images

Dicas para Iluminar Ambientes

- Em quartos e corredores dê preferencia para luzes chamadas de luzes quentes (amareladas) que são mais aconchegantes.

- Em ambientes que necessitam de iluminação para realizar tarefas como cozinha, escritórios e banheiros utilizem as luzes chamadas de frias (brancas neutras ou azuladas).

- Para cantinhos de maquiagem as lâmpadas mais indicadas são a Halógenas, pois não interferem nas cores.

- Sala de Jantar: O foco da iluminação deve está presente na mesa podemos utilizar luminárias do tipo pendente e lustres.

- Sala de Estar: A iluminação deve ser flexível, podendo ser alterada de acordo com as ocasiões. Devem conter iluminação direta central ou indireta (utilização de decoração com gesso, por exemplo) associados a uma iluminação de destaque para objetos de decoração.

- Quartos: A iluminação pode ser geral com plafons ou luminárias de embutir(gesso), ou criar um ambiente mais aconchegante com uma iluminação indireta. Luminárias de parede ou abajures devem auxiliar a iluminação para leitura na cama.

- Escritório ou Biblioteca residencial: Pode-se ter uma iluminação geral no cômodo e uma iluminação de tarefa na estação de trabalho.

- Banheiro: A iluminação direta deve ser agradável e iluminação de destaque ou de tarefas para área do espelho.

- Entrada, Corredores e Escada: A iluminação neste ambiente é sinônima de segurança, devemos optar por luminárias próprias para área externa, demarcando caminhos e iluminando pisos e vegetação.

Espero que tenham gostado das dicas.

Um final de semana abençoando para todas vocês virtuosas. Até o próximo post, beijos!!!

Compartilhe este post com seus amigos:
Compartilhar esta página via Facebook Compartilhar esta página via Twitter
Leia Mais

Tipos de Lâmpadas

Olá meninas hoje vim falar sobre um assunto que às vezes passa despercebido em nossas casas, mas que pode influenciar nas nossas contas de energia no final do mês.

São os tipos de lâmpadas que usamos para iluminar nossos lares.

Você sabia que é possível reduzir a sua conta de luz apenas entendendo um pouco de iluminação?

Segundo especialistas a iluminação das residências são responsáveis por 20%  do total da nossa conta de energia.

Existem alguns tipos de lâmpadas disponíveis no mercado, vamos entender um pouquinho sobre cada uma delas?

Lâmpadas Incandescentes:

incanSão as lâmpadas mais antigas, por serem de baixa eficiência apenas 5% da energia elétrica consumida é transformada em luz, o restante é transformado em calor.

Serão substituídas por lâmpadas fluorescentes ou de leds.

Aqui no Brasil já temos prazo para dar o fim a essas vilãs da energia, a sua comercialização só será permitida até o dia 30 de junho de 2014.

 – Vantagens:

  • Menos distorção as cores (maquiadoras de plantão adoram)

- Desvantagens:

  • Produz Calor
  • Gastam muita energia para produzir muito calor e pouca luz
  • Aconchegante

 Lâmpadas Fluorescentes:

fluoSão as mais utilizadas atualmente, pois possuem uma boa eficiente com baixo consumo de energia.

- Vantagens:

  • Duram de 06 a 08 vezes mais que a lâmpada incandescente
  • Produz menos efeito de sombra
  • Não produzem calor
  • São encontradas em diversas cores

- Desvantagens:

  • São mais caras que as incandescentes

Lâmpadas de LED:

ledSão lâmpadas modernas que convertem energia elétrica diretamente em iluminação, através de pequenos chips.

- Vantagens:

  • Baixo consumo de energia
  • Vida útil muito longa
  • Não emitem calor
  • Possui várias cores
  • Ecológica (consome pouca energia e tem vida longa)

- Desvantagens:

  • O valor ainda é muito elevado no Brasil

Dicas para economizar na conta de Energia:

– Dê preferência para lâmpadas fluorescente ou led para ambientes que necessitem utilizar luz acessa por mais de 4 horas por dia.

– Utilize spots para leitura, trabalho além de ser mais confortável economiza.

– Pinte o teto e as paredes internas com cores claras, as ditas off-white que refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial.

– Utilize luminárias de tetos, pendentes, lustres transparentes sempre que possível.

– Limpe regularmente as luminárias e as lâmpadas, pois com o tempo, o acumulo de pó reduzirá a iluminação do ambiente.

– Coloque mesas, lugares de leitura ou trabalho perto das janelas.

Vou ficando por aqui virtuosas, logo voltaremos com um post sobre como utilizar cada uma das lâmpadas existentes…

Beijos

Compartilhe este post com seus amigos:
Compartilhar esta página via Facebook Compartilhar esta página via Twitter
Leia Mais